VAP

Viajantes Anglófonos em Portugal - Séculos XVIII e XIX

Visualização de registo

< Voltar ao resultado | Nova pesquisa >

CARNARVON, Earl of
Portugal and Gallicia

with a review of the social and political state of the Basque Provinces; and a few remarks on recent events in Spain
Inglaterra, 1836
Londres
Língua: Inglês

 Outras edições:  Londres, 1837, J. Murray
Londres, 1848, J. Murray
Londres, 1861, J. Murray

 Edição 
Ano de edição:1836
Volume: 2 vols.
Local de edição:Londres
 Notas e informações 
 Referência 
Cota:H.G. 31548 P. / H.G. 31549 P.
 Autor 
Autor:CARNARVON, Earl of
Datas autor:1866-1923

 Notas gerais 

PREFÁCIO

No prefácio, Carnarvon define os objectivos da sua obra: esta narrativa teria como finalidade ser acrescentada a um tratado político, que seria publicado posteriormente e com o qual o autor pretendia dar a conhecer aos seus leitores a legislação portuguesa, o sistema municipal e judicial, os detentores da propriedade e a força relativa das facções políticas então existentes. Contudo, esta narrativa sobre Portugal contém, ainda, pormenores sobre a sociedade, referências a costumes particulares e superstições para além de relatos de aventuras pessoais.
O livro esteve nove anos sem ser publicado e só os acontecimentos no Norte de Espanha em 1835 (a resistência basca à monarquia espanhola) o fizeram retomar a sua escrita.
No que respeita a Portugal, não se vai deter muito em cidades ou monumentos porque isso já foi descrito por outros autores. Pretende, antes, levar os seus leitores para áreas inexploradas como sejam os campos maravilhosos do Minho, as superstições do Alentejo ou o estado feudal da sociedade em Trás-os-Montes.
Esta obra não é uma descrição detalhada dos lugares por onde passou, mas um registo dos acontecimentos que lhe sucederam durante a sua viagem pelo país num período crítico.
O transporte utilizado pelo autor era calculado de modo a oferecer-lhe o tipo de informação que pretendia, utilizando a mula, o cavalo ou o barco "From Corunna to Cape St.Vincent my journeys were invariably performed on horseback; and I was thus enabled to deviate a pleasure from the high road, and penetrate into the most secluded districts, encountering at times great hardships, and even considerable peril mixing with all classes and often joining the peasantry as they collected around their evening fires.

 Notas sobre o autor 

BIOGRAFIA DO AUTOR

The Earl of Carnarvon, de seu nome completo Henry John George Herbert nasceu a 8 de Junho de 1800, sendo o filho mais velho do 2º Conde Henry George Herbert. O gosto pela aventura levou-o, desde muito novo, a passar muito tempo no estrangeiro. Viajou pela Berbéria e viajou durante muitos anos por Portugal e Espanha, tendo sido mesmo feito prisioneiro neste último por questões políticas.
Excelente observador e linguista, sentia-se profundamente atraído pela história e literatura espanholas, tendo publicado o poema em seis cantos "The Moor" em 1825 e a tragédia "Don Pedro, King of Castile" em 1828, tendo sido esta última representada em Drury Lane com grande êxito a 10 de Maio de 1828, quando Carnarvon se encontrava no estrangeiro.
Ao regressar ao país publicou em 1830 "The last days of the Portuguese Constitution" e "Portugal and Gallicia". Sucedeu a seu pai, como 3º Conde, em 16 de Abril de 1833 e continuou a sua política de oposição às medidas liberais na Câmara dos Lordes.
Em 1839 fez uma longa viagem pela Grécia, quando esta sofria os efeitos da guerra e de conflitos sociais. Em 1869, o seu filho e sucessor, Henry Howard Molyneux Herbert publicou, com um prefácio, as suas interessantes notas de viagem sob o título "Reminiscences of Athens and the Morea in 1839". The Earl of Carnarvon morreu em 1849.

 Palavras-chave 

Agricultura
Generalidades; Azeite; Batata doce; Milho;

Alimentação
Generalidades;

Alojamento
Generalidades;

Arte e Monumentos
Aqueduto das Águas Livres; Castelo de Sagres; Catedral de Braga; Catedral de Évora; Catedral de Guimarães; Convento da Arrábida; Convento da Senhora da Penha; Convento de Alcobaça; Convento de Mafra; Convento de Tibens [Braga]; Convento do Cabo de S. Vicente; Convento dos Capuchos; Mosteiro da Batalha; Palácio de Queluz; Palácio de Sintra; Palácio dos Marialvas; Templo de Diana;

Classes Sociais
Clero; Escudeiro; Nobreza; Povo; Valentões;

Clima
Generalidades;

Conclusões


Costumes
Divertimentos; Mendicidade;

Criminalidade
Generalidades;

Economia
Exportações;

Ensino
Universidade de Coimbra;

Espanhóis
Galegos;

Estradas
Generalidades;

Fauna
Cães; Lagartos; Lobos; Suínos;

Flora
Alfazema; Amieiro; Azereiro; Carvalho; Castanheiro; Figueiras; Jasmim; Laranjas; Limões; Malmequeres; Melancia; Morangueiros; Nogueira; Oliveira; Pinheiro; Rosa; Rosmaninho; Salgueiro; Sobreiro; Trepadeiras; Tulipa;

Forças Armadas
Exército;

Geografia
Cabeça dos espanhóis; Cabo da Roca; Cabo de S. Vicente; Gruta da Lapa de Santa Margarida na Arrábida; Lagos naturais; Marão; Promontório de S. Vicente; Rio Cávado; Rio Douro; Rio Lima; Rio Tejo; Serra da Arrábida; Serra de Monchique;

História de Portugal - Personagens
Infante D. Henrique; História de D. Inês de Castro; D. Miguel; Marquês de Pombal;

Ingleses
A mansão de Beckford; Ingleses em Portugal; Ingleses que o autor encontrou em Portugal;

Itinerário


Lendas
Lenda da moira encantada;

Lisboa
Generalidades;

Lutas liberais
Bernardo Sá, Major; Carlota Joaquina; Conde Vila Flor; Condessa Vila Flor; Os Constitucionalistas de 1834; Cortes de Lisboa de 1828; D. Pedro; General Saldanha; Tumultos em Évora; Tumultos em Setúbal;

Meios de transporte
Generalidades;

Mulheres
Generalidades;

Paisagem
Generalidades;

População
Generalidades;

Porto
Generalidades;

Portugueses
Minhotos; Mulatos; Generalidades; Transmontanos;

Povoações
Alcoutim; Amarante; Barcelos; Beja; Benfica [Lisboa]; Braga; Buçaco; Caldas da Rainha; Coimbra; Colares; Condeixa; Costa da Caparica; Costa da Caparica; Entre Rios; Évora; Fonte Boa; Fontinha; Guimarães; Lagos; Lamego; Leiria; Mafra; Mealhada; Mértola; Moita; Óbidos; Ovar; Palmela; Penafiel; Ponte de Lima; Régua; Sagres; Santiago do Cacém; Setúbal; Silves; Sintra; Torres Vedras; Valença; Vila do Conde; Vila Nova; Vila Real de Trás-os-Montes;

Religião
Conventos; Ordens religiosas; Generalidades; Superstição – lobisomens; Superstição dos Bentos; Superstição - Praga dos Gafanhotos;

Termos não traduzidos


Vestuário
Portugueses;

Vinicultura
Aguardente; Companhia de vinho do Porto; Vinhas; Vinificação;

 

< Voltar ao resultado | Nova pesquisa >

 

 

 

^ Topo
© CETAPS, 2017
Avenida de Berna, 26-C, 1069-061 Lisboa