VAP

Viajantes Anglófonos em Portugal - Séculos XVIII e XIX

Visualização de registo

< Voltar ao resultado | Nova pesquisa >

[SMITH, John Gordon]
Santarem

or, sketches of society and manners in the interior of Portugal.
Inglaterra, 1832
Londres
Língua: Inglês
 Edição 
Endereço do editor:Newgate Street
Local de edição:Londres
Nome do editor:Fisher, Son, & Co.
 Notas e informações 
 Referência 
Cota:L. 11211 P.
 Autor 
Autor:[SMITH, John Gordon]

 Notas gerais 

DIVISÃO DA OBRA

* Chapter I
A great mistake about books - Perishable and durable articles in general, and books in particular - Address to the reader - Hospital mate for general service - Quarters at Portsmouth - The John Smith transport - The Nancy - Exchange of money - Preparations for embarkation.

* Chapter II
A voyage of discovery - An over-land journey - Arrival at Plymouth - Selling and buying - Arrival at Lisbon.

* Chapter III
Staff and regimental officers compared - The guards at Spithead - Mr. Jonathan Courtney - The scarecrow and rattler - The scarecrow's boats - Ensign ***, alias Don Silentio - His journal - Some extracts therefrom.

* Chapter IV
Short allowance - A breeze, and rail-road travelling right before the wind - Dead lights - A casuality - Land on the larboard bow! - Ceremonies of Pilotage - Terra Firma, though not incognita.

* Chapter VI
Quarters in Lisbon - Ordered to join the army - Preparations for departure - Pedro and Bento - Arrival at Saca Vem.

* Chapter VII
Reception at Saca Vem - Arrival of Bento, and loss of Pedro - Magnitude of Portuguese arithmetic - Magnificent tea, and the cause of its degeneracy - Dismissal of Pedro - Oranges.

* Chapter VIII
High-sounding billet - Anticipated reception, not quite the true one - A municipality frightened - New billets obtained.

* Chapter IX
Geographical calculations - Desolation and dilapidation - Banditti - Living in fearful style - A midnight storming-party - Dr. Thomson in bed - My gallant defence - Volunteers - Getting wet, without getting dry again - The showers of Portugal - Men of straw.

* Chapter X
Considerations on climacterics - Santarem - D'Alornas storked-out - Professional reflections - Dutch tiles - Ups and downs - Done up - Laid down.

* Chapter XI
Statistics - Evening parties - Reasons for not inviting the reader - Charley Thomson a great man - Salubrity of arsenic.

* Chapter XII
The high serjeant of Santarem - National Costume - Lisbon hoax - A grand dinner before lent - Discourses on philosophical subjects.

* Chapter XIII
Apologies for deficiency in zeal - Instructive conversation - Portuguese ascendancy - English language - Questions respecting England - Change of quarters - A celebrated preacher - Organs - A mass for the dead - One of the twelve tribes.

* Chapter XIV
Passion week - A sermon on good friday - A supper party in a convent.

* Chapter XV
Difficulty of speaking latin - Father Tom's behaviour - A Reverend gentleman in the black hole.

* Chapter XVI
The medical department of the army - A dangerous acquaintance - Helping a man out of the gutter - Taking an aid-de-camp's shirt - The invalid Major.

* Chapter XVII
Ague, the principal dish at a dinner-party - A shivering soliloquy - Specimen of a sick-certificate - Strange symptoms.

* Chapter XVIII
Jokes alias hoax - Tea party in a nunnery - Clarities and dominicans put to the route - Gingerbread soldiers - A dissertation upon living without money - Levi's supplies - A few words upon wine - Chopping logic over camp kettles.

* Chapter XIX
Housekeeping - Dr. Jaw - Sawny Jardine - Fowls - Effects of sobriety - Cutting eye teeth - How to kill your own mutton - A turtle feast - Olive oil for fuel - Domestic comforts - How to get a drove of cattle.

* Chapter XX
Corpus Christi - A Santarem Nabob - A dissertation on children and shows - A barber-surgeon - Treatment of a fractured skull - Treatment of fever patients - A Portuguese magistrate - National politeness - Forged coin - Riches of the country - General observations.

* Chapter XXI
Lord Wellington's return from Cadiz - Sir Thomas Picton - Preparations and anticipations - Triumph of Barachio - The praise of nuns - A grand review in sick chambers - Personal appearance of Lord Wellington.

* Chapter XXII
Summer - The aloe - Saints and their Holy-days - Padlock and his perquisites - Bolton's anger - Dissertations upon noise and languages - Dining out, and giving dinners - A one-eyed monster, alias a gentleman farmer - Padlock's jealousy - Arrival of a new commissary and his train - Mr. Berreau.

* Chapter XXIII
Lieutenant G's Hints - History of Mr. Berreau - Becoming reward to an hospital mate - A family dinner - Unseasonable gratitude - Speeches, replies, and rejoinders - Liberal and illiberal opinions.


INTRODUÇÃO
(pp. III-IV)

As histórias assim como as descrições presentes ao longo do livro figuram como as transcrições fiéis de cenas presenciadas pelo autor, pondo, assim, a descoberto o carácter das gentes do interior de Portugal e o estado desolador da sociedade portuguesa desorganizada pela guerra.
Contudo, este critério de fidelidade não inclui o nome próprio de certos compatriotas do autor bem como, por vezes, a exposição rigorosa dos seus caracteres.
Verifica-se a inexistência de um plano organizador ou de um enredo que atraia o leitor. No entanto, o testemunho exacto dos costumes ou modos de viver possui, por si só, um valor que lhe é inerente e, como consequência, angariador de auditório.

 Notas sobre o autor 

BIOGRAFIA

John Gordon Smith nasceu em 1792, foi educado em Edimburgo e licenciou-se em medicina em 1810.
Entrou no exército como cirurgião, tomou parte nas Guerras Peninsulares onde atingiu a patente de "Major" e participou na batalha de Waterloo, ficando ligado ao 12º batalhão de lanceiros.
Nesta batalha salvou a vida ao "Colonel" (Coronel) Ponsonby que lhe agradeceu os serviços prestados aos feridos de guerra.
Quando a paz foi concluída em 1815, reformou-se do exército com meio-soldo e fixou-se em Londres.
Deparou-se com algumas dificuldades em exercer a sua profissão, uma vez que possuía apenas um diploma escocês que não lhe conferia o direito de exercer medicina em Inglaterra.
Aceitou a nomeação de médico para o Duque de Sutherland e morou com este durante quatro anos, elaborando, nos seus tempos livres, um trabalho sobre medicina forense. Ao mesmo tempo trabalhou
como cirurgião do Hospital Real Oftálmico de Westminster (Royal Westminster Ophtalmic Hospital).
Leccionou jurisprudência médica na "Royal Institution" da Grã-Bretanha, e no "Mechanics' Institute" de 1825 a 1826 e, em 1829, foi eleito o primeiro professor de jurisprudência médica da Universidade de Londres na Rua Gower. Como nenhumas das Licenciaturas requeria provas de avaliação em medicina forense, acabou por não se registar a frequência de alunos. Assim, Smith leccionou durante dois anos após os quais se demitiu.
Morreu numa prisão de devedores, após quinze meses de encarceramento, no dia 16 de Setembro de 1835.
Em conclusão, J. G. Smith foi um reformador ardente tanto em política como em medicina, assim como um pioneiro entusiasta do estudo da jurisprudência médica ao mesmo tempo que Sir Robert Christison tentavaa fundamentar o estudo de jurisprudência médica numa base científica.
Lutou acerrimamente, ainda que sem sucesso, para colocar as Licenciaturas ou diplomas, escoceses e ingleses no mesmo pé de igualdade.


OBSERVAÇÕES GERAIS DO AUTOR SOBRE A OBRA

O autor alude ao carácter efémero dos livros de distracção em geral, nos quais inclui este livro que, segundo as suas aspirações, limitar-se-á a uma única edição.
Salienta, porém, a pertinência da publicação deste livro enquanto instrumento instrutivo e diversificador da experiência literária dos leitores: "as so many do travel, [...] in countries whose economy differ greatly from our own, it must, in these days of fictitious tale and fictitious narrative, go for something, to be able to vary the ordinary business of a peruser's life, by an occasional clip into a page of downright matter of fact".
Recusa ainda a ideia dos conceitos estereotipados, referindo-se à autenticidade das descrições, ainda que admita o carácter subjectivo da análise que lhes é subjacente. .................................... pp. 5-6

 Bibliografia 
DO AUTOR

Para além de diversas contribuições para a "Edinburgh Medical and Surgical Journal", há a citar várias publicações:
1. "De Asthmati", Edinburgh, 1810.
2. "The Principles of Forensic Medicine", 8 vo. London , 1821; 2ª ed. 1824; 3ª ed. 1827.
3. "An Analysis of Medical Evidence", 8 vo., London, 1825.
4. "The Claims of Forensic Medicine", 8 vo., 1829.
5. "Hints for the Examination of Medical Witnesses", 12mo., 1829.
6. "Santarem: or, Sketches of Society and Manners in the Interior of Portugal", 1832.

 Palavras-chave 

Agricultura
Olivais;

Alimentação
Água; Generalidades; do exército; Camarões; Culinária; Pão; Rum; Sardinhas;

Alojamento
Belém; Casa de campo; Casa de um bispo; Casa de um frade; Casa do Sarjento-Mór; Casa particular; Hotel; Lisboa; Palácio dos Menezes;

Arte e Monumentos
Aqueduto; Azulejos holandeses; Castelo de S. Jorge; Convento do Novo Coração de Jesus; Torre de Belém;

Ciência
Galileu;

Classes Sociais
Criados; Criados: Pedro e Bento; Pedintes; Vagabundos;

Clima
Chuva; Verão de S. Martinho;

Conclusões


Costumes
Carnaval; Costumes alcoólicos; de alimentação; Passeios;

Criminalidade
Generalidades;

Economia
Café; Chá; Custo de vida; Feira do cavalo; Laranjas; Palha;

Espanhóis
Galegos;

Estradas
Azambuja-Santarém; Lisboa-Sacavém; Sacavém-Vila Franca de Xira; Santarém-Abrantes; Vila Franca de Xira – Porto;

Fauna
Cegonhas; Sardinhas;

Flora
Aloés; Figueira-da-Índia; Laranjeira; Rosa;

Forças Armadas
Capitão-Mor; Carências monetárias; Sargento-mor; O soldado das moedas falsas; Soldados; “Subaltern officers”; Superação das carências alimentares;

Fortificações
Generalidades;

Franceses
Adelaide; Generalidades; General Philippon; Monsiuer de la Prairie;

Geografia
Tejo;

Guerras Napoleónicas
Ardil do exército francês; Consequências das guerras napoleónicas; Convenção de Sintra; Junot; Linhas de Torres Vedras; Lord Wellington; Napoleão; Marechal Beresford; Massena;

Habitação
A casa do Lieutenant-Colonel Commandant”; Casa do Marquês d’ Alorna; Casas das aldeias portuguesas; Casas de certa classe; Falta de aquecimento nas casas; Mobiliário; Palácios;

História de Portugal
Embarque da família real para o Brasil;

História de Portugal - Personagens
Duque de Lafões; Fernão de Magalhães; D. João VI; Marquês d' Alorna; Marquês de Pombal; Rainha D. Maria I; Vasco da Gama;

Ilustrações


Ingleses
Baisam; Mr. Berreau; Mr. Bolton; Mr. Brown; Captain Baker; Captain Rustin; Mr. Clay; Colonel Geddes; O’ Connell; Conolly; Dr. Baillie; Dr. Charles Thomson; Dr. Draton; Dr. Mc Grigor; Dr. Padlock; Dr. Spooney; Dr. Thingumbob; Father Winstanley do “English College”; Sir Henry Hardinge; Generalidades; Mr. Jardine; Dr. Josiah Jaw; John Knox; Esposa do “Serjeant Larraway”; Mr. Lawrence; Major Geddes; Major Providence; Major Ulysses le Grand; Marechal Beresford; Dr. John Newman; Mrs. Padlock; Sir Thomas Picton; Jack Pills; Popularidade dos ingleses; Mr. Quissit; Reverendo Delaney; Lord Fitzroy Somerset; Mr. Wallop; Lord Wellington; William III;

Itinerário


Línguas
A língua inglesa em Portugal; Língua portuguesa;

Lisboa
Largo dos bois «Largo de boys»; Generalidades; Praça das Flores «Praça dos Flores»; Rua Aurea; Rua da Prata «Rua de Prato»; Ruas; Travessa dos Ladrões «Travessa de Ladroes»;

Medidas
Generalidades;

Meios de transporte
Mulas; “Pony”;

Moeda
Moedas de pouco valor; Réis;

Mulheres
Portuguesas;

Música
Organista do seminário; Orgãos das Igrejas; “Portugal novo”;

Obras mencionadas pelo autor
Camões «Camoens»; Livros mencionados pelo autor; Londonderry e Napier; Sir John Pringle; Quadra; Ann Radcliff; Terceto; Versos; Virgílio;

Paisagem
Generalidades;

Portugueses
Os Barachios; A cultura dos portugueses; Delicadeza na forma de tratamento; Don Leone Salvaterra; Gestos como forma de expressão; Lamentação; Manuel Levi; Menezes; Generalidades; Sebastião Salvaterra; Vida social;

Povoações
Abrantes; Alhandra; Almeirim; Azambuja; Punhete (Constância); Sacavém; Santarém; Sintra; Vila Franca de Xira; Vila Ova; Muleteiros; Porteiros;

Relações Portugal - Inglaterra
Generalidades; Relações entre Portugueses e Franceses;

Religião
Celebração fúnebre; Clero; Don Ignatio Soares e Silva; Don Jeronymo; Freiras; Freiras da Ordem dos Dominicanos [Santarém]; Freiras do Convento de Sta. Clara [Santarém]; A Igreja junto ao Seminário; Igrejas; Padre José Barachio; Padre Thomaso; Padres; Procissão do Corpo de Deus; Santos; Semana Santa; Seminário; Sermão de Sexta-feira Santa (na Igreja do Seminário);

Ruas
Rua Direita [Santarém]; Rua Direita «Rua Directa» [Santarém]; Travessa do Taio [Vila Franca de Xira];

Saúde
Concussão craniana; Convento da Estrela; Convento da Graça [Santarém]; Febre; Hospital da feitoria britânica; Mosteiro dos Beneditinos [Santarém]; Palácio da Nunciatura [Lisboa]; Paludismo; Seminário;

Termos não traduzidos
Termos traduzidos;

Terramoto de 1755
Tremores de terra;

Vestuário
Capote; Crianças; Homens; Lord Wellington; Mulheres;

Vinicultura
Casas de vinho «wine-houses»; Vinhas; Vinho,

 

< Voltar ao resultado | Nova pesquisa >

 

 

 

^ Topo
© CETAPS, 2017
Avenida de Berna, 26-C, 1069-061 Lisboa