VAP

Viajantes Anglófonos em Portugal - Séculos XVIII e XIX

Visualização de registo

< Voltar ao resultado | Nova pesquisa >

[LADY] Bertha?
Portugal; or the Young Travellers

Being some account of Lisbon and its environs, and of a tour in the Alentejo from a journal kept by a lady three years' actual residence.
Inglaterra, 1830
Londres
Língua: Inglês
 Edição 
Endereço do editor:Gracechurch Street
Local de edição:Londres
Nome do editor:Harvey and Darton
Notas:- A data da publicação está escrita à mão.
 Notas e informações 
 Referência 
 Autor 
Autor:[LADY] Bertha?

 Notas gerais 

DATA DA VISITA A PORTUGAL
* p. III - "in the interval between its recovered independence, and the return of the sovereign, John the Sixth".

IMPRESSÕES
* p. 16 - O exotismo sentido à chegada a Lisboa pelos viajantes levou Sophia a comparar-se ao homem das mil e uma noites, não querendo acreditar que estava realmente acordada e não a sonhar.
* p. 24 - V. Igreja da Estrela in Monumentos
- Tentar ultrapassar o gosto e estilo italianos foi absurdo da parte dos portugueses: só a
ignorância, acompanhada da presunção, pode justificar tal acto.

MOTIVAÇÃO PARA A ESCRITA DO LIVRO
* p. III - A autora partilha da opinião de Lord Orford: "Why should we not write what we see: the simple narrative of facts has often more interest than the most elaborate fiction."
* pp. 18-19 - Observação de Mr. Grey sobre a intenção da filha escrever um diário: "Your English friends will be delighted to hear from you; and your journal will be the best consecutive to the vein of romance in which it is said my lively little girl sometimes loves to indulge. Describe things exactly as you see them, in simple language [...]".

RAZÕES PARA A VINDA A PORTUGAL
* pp. 1-4 - Mr. e Mrs. Grey, acompanhados dos três filhos (Sophia, Mordaunt e Bertha) deslocaram-se a Portugal por razões de saúde. A tuberculose já matara alguns filhos do casal, e Sophia estava bastante doente na época. Por conselho do Dr. Hooper, a estada em Portugal, onde um tio das crianças já havia residido, foi decidida.

 Notas sobre o autor 

Bertha (autora da obra?)

AUTORIA DA OBRA
* pp. 17-19 - Começo da escrita de um diário sobre a viagem, por parte de Bertha (autora da obra?). Bertha pretende fazer um "sketch" da vendedeira de legumes.
Materiais(Há fotocópias)

 Palavras-chave 

Agricultura
Cereal; feno; fruta; laranjeiras; legumes; limoeiros; milho; milho da Índia; oliveiras; queimas; tremoceiros;

Alimentação
Generalidades; dos animais e 'muleteers'; dos bébés; almoço; almoço em Cascais; camponeses de Colares; Casa de pasto; fruta; gelados; jantar na estalagem de Montemor-o-Novo; limão doce; matança de um porco; pequeno-almoço num barco;

Alojamento
Alcácer do Sal; Arronches; em Cascais; Lisboa; Setúbal; Caravana; Estalagem em Évora; Estalagem [Montemor-o-Novo]; Hotel em Mafra; Hotel em Sintra; Hotel (Mrs. Lawrence)

Arte e Monumentos
Capela de Nossa Senhora da Conceição ou Nossa Senhora da Guia [Cascais]; Capela de Santa Eufémia; Capela de S. Roque; Castelo de Palmela; Castelo de S. Jorge; Castelo mouro [Sintra]; Convento da Cortiça [Sintra]; Convento da Penha [Sintra]; Convento de Brancanes; Convento de Mafra; Convento de Sta. Ana [Colares]; Convento de S. Jerónimo; Igreja da Estrela; Igreja de Jesus [Setúbal]; Monserrate; Palácio de Sintra; Palácio dos Marialva [Sintra]; Palácio Episcopal [Évora];Telégrafo;

Classes Sociais
Criado;

Clima
Generalidades;

Costumes
Dormir na rua; Fogueiras; Galantaria; Jogos de cartas; Pedinte;

Criminalidade
Assassinatos; Bandidos;

Economia
Cortiça; Comércio - laranjas e sal; Contrabando; Dívidas; Impostos; Mármore; Minerais - mármore; Nível de vida; Taberna - contrabando;

Ensino
Alfabetização; Alfabetização - crianças; Alfabetização - mulheres; Livros;

Espanhóis
Generalidades; Galegos;

Estradas
de Sintra ao Convento da Cortiça; do vale ao Castelo de Palmela; Moita-Palmela; Montemor-o-Novo–Évora; Sintra-Monserrate;

Estrangeiros - referências
Italianos;

Fauna
Lobos;

Flora
Abeto; Alfazema; Arbuto; Bolbous flowers; Brincos de Princesa; Carvalho; Castanheiro; Ciprestes; Cisto; Cravina selvagem; Cravo; Ervilhaca; Feto; Flores; Gerânios; Giesta; Gladíolos; Ixiáceas (ou Iridáceas); Líquene; Murta; Oliveira; Red-passion flower; Sobreiro; Tojo; Tomilho; Vinhas selvagens; Zimbro;

Forças Armadas
Capitão-Mór; Funeral militar;

Fortificações
Fortes de Cascais; Forte em Cascais – Farol; Generalidades;

Geografia
Fronteiras Portugal/Espanha; Solo; Sado; Serra da Arrábida; Travessia do Sado;

Governo
Generalidades; Má governação – efeitos; Regência;

História de Portugal
Conquista do Castelo mouro em Sintra; Convenção de Sintra; Exército inglês em Portugal; Exército inglês em Portugal; Séc. XI; Invasões francesas; Lutas liberais; Sebastianismo;

História de Portugal - Personagens
D. Afonso VI; Duque de Viseu; Duquer de Viseu; Gomes Freire de Andrade; D. João II; D. Maria I; Marquês de Pombal; D. Sebastião;

Ingleses
Carácter dos ingleses; Crítica à sociedade inglesa; Generalidades; Ingleses em Portugal; Perseverança;

Itinerário


Jardins
Lisboa;

Justiça
Corregedor; Escrivão; Intendente da polícia; Juis de Fora; Generalidades; em Inglaterra; Leis; Métodos prisionais; Pena queimada; “Perdões”; Queimas – proibição legal; Torre de Belém – prisão; Tribunal criado por D. Maria I;

Línguas
Francês; Inglês; Língua portuguesa; Português; Português e Latim na missa;

Lisboa
Generalidades; Praça do Comércio; Rossio; Rua do Ouro;

Literatura
Camões;

Meios de transporte
Barco; Burro; Caravana; Carruagem; Cavalo; Mula; Mulas enfeitadas; Sege; Mulas e condutores [Setúbal];

Mulheres
Casamento; Inglesas; Raciocínio;

Música
Generalidades; Órgão; Sinos;

Música
Fandango; Guitarra; Hino Nacional;

Ópera
de S. Carlos;

Paisagem
Generalidades; Rio Tejo;

Portugueses
Bispo de Évora; Camponeses de Colares; Carácter; Cobardia; Cortesia; Defesa do território; Derrotismo; Falta de espírito aventureiro; Habitantes de Sintra; Ignorância; Má-educação; Opinião de um português sobre os portugueses; Opiniões de viajantes sobre o povo português; “Paciência!”; Generalidades; Portugueses / Espanhóis; Qualidades e defeitos do povo português – razões; Sr. Manuel José Macedo; Vergonha; Portugueses

Povoações
Alcácer do Sal; Elvas; Cascais; Colares; Évora; Évoramonte; Montemor-o-Novo; Palmela; Penha Verde; Pinheiro; Portalegre; Setúbal; Sintra;

Profissões
Condutor de burros; Criado; Ourives; Pescadores;

Religião
Adoração de imagens; Autorizações especiais; Bíblia; Castigos nos Conventos; Catolicismo / Protestantismo; Chanoinesse (cónega, freira); Convento da Cortiça [Sintra]; Convento da Cortiça [Sintra]; Convento da Penha [Sintra]; Convento de S. João [Setúbal]; Convento irlandês; Crítica à vida monacal; Crítica aos religiosos; Crítica às procissões; Defesa das procissões; Falsas crenças; Frades; Hino à Virgem; Inquisição; Lenda da Sra. Da Guia; Milagre; Missa - Domingo de Páscoa - Convento de Mafra; Missa - Sexta-feira Santa - Convento de Mafra; Monges do Convento da Cortiça; Monges do Convento da Penha; Monges do Convento de Mafra; Monges Vicentinos; Núncio; Ordens religiosas alemãs; Patriarca de Lisboa; Procissão dos Passos; Promessas; Razão da formação de ordens religiosas; Generalidades; Religião católica romana – crítica; Superstições; Virgem Maria;

Saúde
Água com propriedade; Água com propriedades curativas; Ar marítimo; Higiene; Queda de Bertha; Generalidades;

Termos não traduzidos


Terramoto de 1755
Terramoto de 1755

Vestuário
Bispo de Évora; Camponeses de Colares; Pescador; Pescadores de Cascais; das mulheres na Procissão dos Passos; Generalidades;

Vinicultura
Vinicultura

 

< Voltar ao resultado | Nova pesquisa >

 

 

 

^ Topo
© CETAPS, 2017
Avenida de Berna, 26-C, 1069-061 Lisboa