1º Curso Nacional de Saúde e Bem-Estar para os Músicos

(downloadPDF)


A Universidade de Aveiro (UA) e a Associação Portuguesa de Medicina e Artes do Espectáculo (APMAE) estão a organizar o 1º Curso Nacional de Saúde e Bem-Estar para os Músicos, a realizar-se nos dias 21, 22 e 23 de Novembro, no Departamento de Comunicação e Arte da Universidade.

lac1

Este curso destina-se a músicos (cantores, maestros e instrumentistas), estudantes de música, e profissionais da saúde, do ensino e da comunicação social que de algum modo estejam ou queiram vir a estar envolvidos nas artes do espectáculo. Este acontecimento surge no seguimento da iniciativa pioneira em Portugal do Departamento de Comunicação e Arte em leccionar a disciplina de Música e Medicina, integrada no Mestrado de Música, onde são abordados os diversos problemas médicos dos músicos e respectivas estratégias preventivas e de terapêutica, e da recente criação da APMAE. É assim o resultado de um conjunto de sinergias que se foram estabelecendo ao longo deste ano para criar e fortificar em Portugal o que já existe em outros países da Europa (como em Inglaterra e na Alemanha), e também no que já existe paralelamente noutras áreas como o Desporto: uma preocupação em zelar pelo bem-estar físico e psicológico nas artes performativas e em contribuir para a optimização da performance artística, neste caso particular, na música.


De facto, o músico é um “atleta emocional de alta competição” no processamento e execução de informação contida na partitura, não só do ponto de vista técnico da prática do instrumento (dedicando horas de estudo ao aperfeiçoamento esperado), mas também dos pontos de vista interpretativo e musical (correspondendo aos ideais do compositor e às expectativas da massa crítica), emocional (conquistando um público cada vez mais exigente) e criativo (desenvolvendo a sua marca pessoal que o distinguirá de outros interpretes e o tornará único no panorama musical). Neste contexto, é fácil compreender que as pressões (quer físicas quer mentais) a que um músico está constantemente sujeito possam interferir com a sua saúde e bem-estar, e, consequentemente, com a qualidade da sua performance.


lac2


O primeiro dia do Curso começa com as 2as Jornadas de Medicina e Artes do Espectáculo, como continuação do trabalho que a APMAE tem vindo a desenvolver ao longo deste ano, seguindo-se de dois dias intensivos de aulas teórico-práticas e workshops práticos com especialistas (médicos, terapeutas, e músicos) em diferentes áreas, como a pneumologia, ortopedia, ortodontia, neurologia, fisioterapia, terapia da fala, medicina interna, entre outros, direcção musical, técnica vocal, psicologia da música, abordando os seguintes temas:



    Os palestrantes das jornadas e docentes do curso são docentes em várias instituições de Ensino Superior no País, como a Faculdade de Medicina e Faculdade de Medicina Dentária da Universidade do Porto, da Secção Autónoma das Ciências da Saúde da Universidade de Aveiro, do Instituto de Medicina Molecular da Universidade de Lisboa (IMM), do Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro, da Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo do Instituto Politécnico do Porto, da Escola Superior de Artes Aplicadas de Castelo Branco, da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade de Lisboa, do Instituto Nacional de Etnomusicologia, Música e Dança (INET-MD) e do Centro de Estudos em Ópera e Teatro Musical da Universidade de Aveiro (CEOTM).

    As Jornadas têm entrada livre para todos os participantes do curso, estudantes e outros membros da comunidade interessados. As inscrições para o Curso encontram-se abertas até ao dia 15 de Novembro e podem ser efectuadas por e-mail para:
    secretariado.ceotm@ca.ua.pt. Mais informações estarão disponíveis no site: www.apmae.pt ou através do número de telefone 234 372561/91 7646702.


    Os nossos melhores cumprimentos,
    Prof. Doutora Filipa Lã (Departamento de Comunicação e Arte, Universidade de Aveiro)
    Prof. Doutor Mário Vasconcelos (Faculdade de Medicina da Universidade do Porto)
    Dr. Miguel Pais Clemente (Faculdade de Medicina da Universidade do Porto)



    logo_FCSH_UNL logoUA logoFMH