Cristina Fernandes
Nome /Name
Cristina Isabel Videira Fernandes
 
Contacto profissional/Professional Contact
Endereço/Address
Av. de Berna, 26 C
1069-061 Lisboa
 
Telefone/Phone
+351-217938300
 
Email
crisfernandes2@sapo.pt
cristinavideirafernandes@gmail.com
 
Filiação institucional/ Institutional Affiliation
INET-MD
 
Categoria ou actividade/Activity
Investigadora – Bolseira de Pós-Doutoramento (FCT: SFRH / BPD / 75201 / 2010)
Projecto: Música da Capela Real e Patriarcal (1716-1834): Modelos, Repertórios e Práticas Performativas
 
Formação Académica/ Education
2010. Doutoramento em Música e Musicologia, Universidade de Évora.
1998. Mestrado em Ciências Musicais (Musicologia Histórica), Faculdade de Ciências Sociais e Humanas - Universidade Nova de Lisboa.
1993. Licenciatura em Ciências Musicais, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas - Universidade Nova de Lisboa.
1989. Curso Complementar de Piano (8º grau), Conservatório Regional de Música da Covilhã.


Investigação/Research

 
Domínio de especialização/ Research Domain
Musicologia Histórica
 
Áreas de Interesse/ Interest areas
Música vocal e instrumental do século XVIII na perspectiva da história cultural e da análise musical;
Música luso-brasileira no Antigo Regime no contexto europeu e ibero-americano;
História da interpretação musical e práticas de execução da música antiga.
 
Grupo de Investigação no INET-MD/ INET-MD Research Groups
Estudos Culturais em Música Erudita Ocidental
 
Participação em Projectos/ Project Manegement and Participation
2012-2014. “La música de cámara en España en el siglo XVIII: géneros, interpretación, recuperación”. Proyecto I+D HAR2011-22712 concedido pelo Ministerio de Ciencia e Innovación (Espanha). Projecto do Grupo de Investigação “Música en España en la Edad Moderna: composición, recepción e interpretación” (IP: Miguel Ángel Marín), Universidade de La Rioja (Logroño): http://www.unirioja.es/mecri/.
 
2010-2013. Estudos de Música Instrumental em Portugal: 1755 – 1834, da Universidade de Évora, apoiado pela FCT: PTDC/EAT-MMU/104206/2008 (IP: Vanda de Sá Martins da Silva).
 
Actividade Docente e Profissional/ Academic Positions and Professional Activities
2012-2013. Docente Conferencista (História da Música em Portugal) no Departamento de Ciências Musicais, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.
 
2011. Leccionação do módulo “Tópicos avançados em Sociologia da Música” no Mestrado em Pedagogia do Instrumento do Instituto Piaget (pólo de Almada).
 
2000-2003. Assistente convidada, Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa – Centro Regional do Porto. Leccionação das disciplinas de Música no Contexto das Artes, História dos Instrumentos e Música Portuguesa.
 
1996-2001. Professora de História da Música, Acústica e Práticas de Teclado, Fundação Musical dos Amigos das Crianças, Lisboa.


1997-98. Professora de Sociologia da Música, Academia Nacional Superior de Orquestra da Orquestra Metropolitana de Lisboa.

 
1995-96. Professora de História da Música, Academia de Música e Belas Artes Luísa Todi, Setúbal.
 
1993-96. Professora de História da Música (incluindo História da Música Portuguesa), Prática de Seminário (Sociologia da Música e Divulgação Musical), Paleografia, Introdução à Dramaturgia Musical e Leitura de Partituras, Escola Profissional de Arcos do Estoril.
 
1987-89, Professora de Piano e Formação Musical no Conservatório Regional de Música da Covilhã.

Publicações/ Publications
 
Dissertações/Dissertations
(2010) O sistema produtivo da música sacra em Portugal nos finais do Antigo Regime: a Capela Real e a Patriarcal entre 1750 e 1807. Tese de Doutoramento em Música e Musicologia, Universidade de Évora.
 
(1998) As Vésperas de João de Sousa: para o estudo do Salmo Concertato em Portugal em meados do séc. XVIII. Tese de Mestrado em Ciências Musicais, FCSH-UNL, Lisboa.
 
Livros/Books
(2005) Devoção e Teatralidade: as Vésperas de João de Sousa Vasconcelos e a prática litúrgico-musical no Portugal Pombalino. Lisboa: Colibri/Faculdade de Ciências Sociais e Humanas.
 
Capítulos de livros/Book chapters
(2012) “A construção de um métier no domínio da música sacra: os Salmos de Vésperas de Marcos Portugal para a Patriarcal e a Capela Real da Ajuda”. In David Cranmer (ed.), Marcos Portugal – uma reavaliação. Lisboa: Colibri/CESEM, 2012, Cap. XVIII, pp. 339-354.

(2012) “Entre a apologia do poder real e as aspirações da burguesia: manifestações musicais em torno do nascimento de D. Maria Teresa, Princesa da Beira (1793)”. In Maria do Rosário Girão Santos e Elisa Lessa (coord.), Música Discurso Poder. Edições Húmus/Universidade do Minho (Colecção Hespérides 26), 2012, pp. 67-82.
 
(2012) “A Patriarcal e as Capelas Reais da Corte portuguesa entre 1750 e 1807: rede institucional, organização interna e perfil musical”, in Rui Vieira NERY (coord.), As Músicas Luso-Brasileiras no Final do Antigo Regime. Repertórios, Práticas e Representações. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian/INCM, pp. 385-425.
 
(2011) “Entrevistas de Cristina Fernandes [a Emmanuel Nunes] 1 e 2”. In Paulo de Assis (ed.), Emmanuel Nunes: Escritos e Entrevistas. Porto: Casa da Música/CESEM, pp. 453-457 e pp. 515-521.
 
(2008) Notas de contexto histórico às partituras de João Baptista André Avondano (fl. 1800): 4 Sonatas para Violoncelo e Baixo Contínuo e 2 Duetos para 2 Violoncelos (revisão, transcrição e realização do baixo continuo de João Paulo Janeiro). Edição da Associação Pró-Histórica, 2008, pp. IV-IX.
 
(2006) “Portugal na Geografia do Barroco Musical Europeu”. In Denis Morrier, Crónicas Musicais de uma Europa Barroca. Lisboa: PÚBLICO/Centro Cultural de Belém, pp.103-132.
 
Artigos em revistas com arbitragem científica e actas de encontros científicos
(2012) “Il dotto e rispettabile Don Giovanni Giorgi”, illustre maestro e compositore nel panorama musicale portoghese del Settecento”. In Rivista Italiana di Musicologia nº47, 2012, pp. 157-203.
 
(2012) “Patronos da arte dos sons: a actividade musical na Patriarcal e na Capela Real de Lisboa entre 1750 e 1807”. In Invenire – Revista dos Bens Culturais da Igreja nº5, Jul.-Dez. 2012, pp. 16-23.
 
(2007) “La fortuna del Coro dos Italianos della Cappella Reale e della Patriarcale di Lisbona nel secondo settecento”. In Rivista Italiana di Musicologia (Periodico della Società Italiana di Musicologia), volume XLII, 2007, nº 2, pp. 235-268.

(2006) “O Terramoto de 1755 e as suas implicações na organização da prática musical na Capela Real e na Patriarcal”, in Helena Carvalhão Buescu; Manuela Carvalho; Fernanda Gil Costa; João Almeida Flor (org.), 1755: Catástrofe, Memória e Arte, ACT14, Lisboa: Edições Colibri/ Centro de Estudos Comparatistas, pp. 219-228.

(2003) “A Música Sacra no Período Pombalino”, in Revista Camões nº 15-15, Janeiro a Junho, pp. 87-101.
 
(2001) “Quadros da Vida Musical Egitaniense: Actividades Musicais na Guarda entre 1900 e 1935”, Revista Praça Velha, nº 10.
 
(1997-98) “A Música no Contexto da Cerimónia da Profissão nos Mosteiros Femininos Portugueses (1768-1828)”, Revista Portuguesa de Musicologia nº7-8, pp. 59-94.
 
Entradas em dicionários e enciclopédias
(2000) “Óscar da Silva”, in The New Grove Dictionary of Music and Musicians. Londres: MacMillan.
 
Fernandes, Cristina (2010) [Vinte e cinco entradas da EMPXX:] "Ana Mafalda Castro", "Cremilde Rosado Fernandes", "Helena de Sá e Costa", "Luiz Costa", "Festivais de Música Erudita", "Festival de Música da Costa do Estoril", "Festival de Sintra", "Festival de Música dos Capuchos", "Festival Internacional de Música da Póvoa de Varzim", "António Fragoso", "Fundação Musical dos Amigos das Crianças", "Nella Maissa", "Miso Ensemble", "Piñero Nagy", "Orquestra Filarmónica de Lisboa", "Orquestra Nacional do Porto", "Orquestra Sinfónica da RDP" (com Pedro Moreira), "Orquestra Sinfónica Portuguesa (1993-2000)", "Orquestras", "Elisa de Sousa Pedroso", "Ema Romero da Câmara Reis", "Filipe de Sousa", "Guilhermina Suggia", "Evgueni Zoudilkine", "Do século XX ao século XXI - Música Erudita: o incremento da criação e da prática interpretativa da música antiga e contemporânea". In Enciclopédia da Música em Portugal no Século XX (ed. Instituto de Etnomusicologia da Universidade Nova de Lisboa). Lisboa: Temas e Debates/Círculo de Leitores.
 
Editora e redactora do Dicionário Biográfico Caravelas, publicação digital do Núcleo de Estudos da História da Música Luso-Brasileira – Caravelas: http://www.caravelas.com.pt/dicionario_biografico_caravelas.html

Outras publicações

(2012) Notas explicativas para o CD “Secolo dei Portoghesi” (com obras de Pietro Giorgio Avondano, Pedro António Avondano, Francisco António de Almeida e anónimo atrib. Carlos Seixas). Orquestra Barroca Divino Sospiro, Enrico Onofri (direcção), Gemma Bertagnoli (soprano). Editora Dynamic.
 
(2012) “Uma Missa Romântica (Gioachino Rossini: Petite Messe Solennelle)”. In: Catálogo do 8º Festival de Música Sacra do Baixo Alentejo – Terras sem Sombra (24 de Março a 23 de Junho). Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja, 2012, pp. 54-58.
 
(2011) “João de Sousa Carvalho - Te Deum (1769)”. In Te Deum em São Roque. Notas explicativas publicadas no programa do concerto da orquestra barroca Divino Sospiro e do Coro Gulbenkian, Jorge Matta (direcção), Lisboa, Igreja de São Roque, 31 de Dezembro de 2011, pp. 6-10.
 
(2011) “Mozart e Salieri: entre a história e a ficção”. In Amadeus de Peter Shaffer – Teatro Nacional D. Maria II (programa de sala), pp. 17-20.
 
(2011) "A Ópera do Tejo e o Antigono de Mazzoni: memórias e sonoridades de um espaço mítico do espectáculo barroco". Notas de programa para a estreia moderna pelo agrupamento Divino Sospiro da última ópera apresentada na Ópera do Tejo antes de Terramoto de 1755. Lisboa, Centro Cultural de Belém, dias 21 e 22 de Janeiro de 2011.
 
(2008) Notas explicativas para o CD João Baptista André Avondano: 4 Sonatas para Violoncelo e 2 Duetos para 2 Violoncelos. Ensemble Avondano: Miguel Rocha e Catherine Strynckx (violoncelos), Adriano Aguiar (contrabaixo), João Paulo Janeiro (cravo). Edição de autor (2 CD).
 
(2007) Notas sobre a Sonata para Violoncelo de Luís de Freitas Branco para o CD Obras de Lopes-Graça e Luís de Freitas Branco (texto sobre a Sonata para Violoncelo de Luís de Freitas Branco). Jed Barahal (violoncelo) e Cristina Margato (piano), Numérica.
 
(2003) Notas explicativas para o CD Obras de Carlos Seixas e Domingos Bomtempo. Sofia Lourenço (piano), Numérica.
 
(2001) “A Música de tecla em Portugal no século XVIII”, módulo da disciplina Sonata e Sinfonia na Península Ibérica, da licenciatura em História e Ciências de la Música da Universidade de La Rioja (Logroño), publicação on-line.
 
(2001) “A Música na URSS”, in Música Russa: Um Breve Panorama. Lisboa: PÚBLICO/Centro Cultural de Belém.
 
(2001) Notas explicativas para o CD Sacri Concentus: Música Sacra Portuguesa na Catedral do Porto (Obras de Estevão de Brito, Frei Manuel Cardoso, Rodrigues Coelho, Rodrigues Esteves, D. João IV, Frei Jacinto do Sacramento, Diogo Dias de Melgaz e Pedro de Araújo). Coro da Sé Catedral do Porto, Eugénio Amorim (direcção), António Esteireiro (Órgão). Fine Arts Classics.
 
(1996) Notas explicativas para o CD João de Sousa Carvalho /Vésperas de Nossa Senhora. Les Pages et Les Chantres de la Chapelle, Maîtrise du Centre de Musique Baroque de Versailles/Olivier Schneebeli. Astrée/Audivis.
 
Publicação regular de críticas, artigos de divulgação e entrevistas no jornal Público desde 1996.
 
Notas de Programa para concertos da Fundação Gulbenkian, Casa da Música, Centro Cultural de Belém, Festival de Sintra, Festival de Ambronay, Concertos Em Órbita/Portugal Telecom, Teatro Rivoli, Teatro Nacional de São Carlos, Festival Terras sem Sombra, entre outras instituições.
 
 
Comunicações/ Papers in Conferences
“Cérémonial, liturgie et musique à la cour de Portugal: des traditions ibériques du XVIIe siècle jusqu’à la reforme de modele romain de la Chapelle royale et Patriarcale de D. João V”, Colloque international Musique de la foi, musique du pouvoir : musiques religieuses d’apparat dans les cours régnantes d’Europe au temps de Louis XIV. A apresentar no Centre de Musique Baroque de Versailles, 11 a 13 Abril de 2013.
 
“De la etiqueta de corte a las nuevas sociabilidades públicas y privadas: las actividades de los músicos españoles de la Orquestra da Real Câmara de Lisboa entre 1760 y 1807”. I Simposio-taller de música Iberoamericana: Música de cámara y escénica en la segunda mitad del siglo XVIII. Salamanca, 7-10 Noviembre 2012 (conferência por convite).
 
“Os repertórios musicais da Capela Real e Patriarcal de Lisboa: contexto litúrgico e cerimonial áulico ao longo do século XVIII”. Comunicação no âmbito das Jornadas Música e Estado I: Música, cultura de corte e poder político em Portugal na época moderna. Org. do grupo de “Música Erudita na perspectiva dos Estudos Culturais” do INET-MD (com a participação de Rui Vieira Nery, Rui Cabral Lopes e do historiador Pedro Cardim). Lisboa, FCSH-UNL, 12 de Outubro de 2012.
 
“De la etiqueta de la Real Cámara a las nuevas sociabilidades públicas y privadas: la actividad del violinista y compositor José Palomino en Lisboa (1774-1808)”. VIII Congreso de la Sociedad Española de Musicología “Musicología global, musicología local”. Logroño, 6 al 8 de septiembre de 2012.
 
Al divino theatre and the staging of power: Te Deum typologies in Portugal during the 18th century”. 15th Biennial International Conference on Baroque Music. University of Southampton, 11-15 July 2012.
 
“Crossing musical cultures at the Portuguese Royal and Patriarchal Chapel: Italian models and local traditions in composition and performance practices in late eighteenth century”. IMS 2012: 19th International Musicological Society Congress. Roma (Parco della Musica), 1 a 7 de Julho de 2012.
 
Participação na Jornada de Estudo (preparatória do Colóquio de 2013): Musique de la foi, musique du pouvoir: musiques religieuses d’apparat dans les cours régnantes d’Europe au temps de Louis XIV. Centro de Música Barroca de Versalhes, 30 de Março de 2012.
 
“A construção de um métier no domínio da música sacra: os Salmos de Vésperas de Marcos Portugal para a Patriarcal e a Capela Real da Ajuda”. Colóquio Marcos Portugal nos 250 Anos do seu Nascimento (org. CESEM), Teatro Nacional de São Carlos, 23-24 de Março de 2012 (por convite).
 
“O latim e português cantado nas práticas devocionais luso-brasileiras no final do Antigo Regime: o repertório musical das Novenas, Trezenas e Setenários”. Congresso Internacional A Língua Portuguesa em Música (org. CESEM). Lisboa, Culturgest, 9 a 11 de Fevereiro de 2012.
 
“Da etiqueta da Corte aos desafios da esfera pública: instrumentistas e repertórios instrumentais em trânsito entre a Real Câmara e os concertos públicos em Lisboa nos finais do Antigo Regime (1755-1807), I Encontro Nacional de Investigação em Música, ENIM 2011, org. Sociedade Portuguesa de Investigação em Música, Porto, Casa da Música, 25-27 de Novembro de 2011.
 
“As práticas interpretativas da música sacra de David Perez no contexto das Capelas Reais e do cerimonial da monarquia portuguesa”, Colóquio David Perez e a música da sua época (1711-1778). Org. CESEM (FCSH-UNL). Museu de Aveiro, 21-22 de Outubro de 2011.
 
“A biblioteca musical de D. Maria Bárbara de Bragança: uma abordagem preliminar a partir da descrição do legado a Farinelli”. II Simpósio Internacional de Musicologia Histórica: D. Maria Bárbara de Bragança (1711-1758) – Infanta de Portugal/Rainha de Espanha (org. APARM). Almada, Convento dos Capuchos, 29 de Setembro a 1 de Outubro de 2011.
 
“Representações sonoras e cenográficas do poder real: práticas de composição e interpretação do Te Deum em Portugal nos finais do Antigo Regime”. Performa ’11 – Encontros de Investigação em Performance. Universidade de Aveiro, 19 a 21 de Maio de 2011.
 
“Entre a apologia do poder real e as aspirações da burguesia: manifestações musicais em torno do nascimento de D. Maria Teresa, Princesa da Beira (1793)”. Colóquio Internacional Música Discurso Poder, Universidade do Minho, 17 a 19 de Março de 2011.
 
“Il dotto e rispettabile Don Giovanni Giorgi”, illustre maestro e compositore nel panorama musicale portoghese del Settecento”. Comunicação apresentada no XVII Congresso da Sociedade Italiana de Musicologia. Scuola Normale Superiore di Pisa, 29 a 31 de Outubro de 2010.
 
“Música e cerimonial na Igreja Patriarcal de Lisboa: compositores, intérpretes, repertórios e práticas performativas”, conferência no I Curso Livre de História do Patriarcado de Lisboa, organizado pelo Centro Cultural do Patriarcado de Lisboa, no Mosteiro de São Vicente de Fora, 11 de Fevereiro de 2010.
 
“Modelos de instrumentação e práticas de execução do repertório religioso das Capela Reais luso-brasileiras no final do Antigo Regime”. Conferência apresentada na Universidade de Évora no âmbito das actividades da UnIMeM (17 de Novembro de 2009) e Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, nos Colóquios "Música em Contexto 2009" organizados pelo INET-MD e pelo CESEM (19 de Novembro de 2009).
 
“Patronos da arte dos sons: o sistema produtivo da música sacra na Patriarcal e na Capela Real de Lisboa entre 1750 e 1807”. III Ciclo de Conferências para o Estudo dos Bens Culturais da Igreja – Mecenas e Patronos: A Encomenda Artística e a Igreja em Portugal, Centro Cultural do Patriarcado, Lisboa, 28 a 30 de Maio de 2009.
 
“Os cantores italianos da Capela Real e da Patriarcal de Lisboa na segunda metade do século XVIII: perfil sócio-profissional e actividade musical”. Comunicação apresentada no simpósio internacional A Italianização da Vida Musical Barroca na Península Ibérica: Modelos e Processos. Cascais, Conservatório de Música de Cascais, 26 e 27 de Setembro de 2008.
 
“A Patriarcal e as Capelas Reais da Corte portuguesa entre 1750 e 1807: rede institucional, organização interna e perfil musical.” Comunicação apresentada no Colóquio As Músicas Luso-Brasileiras no final do Antigo Regime: Repertórios, Práticas e Representações. Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, 7 a 9 de Junho de 2008.
 
“La fortuna del Coro dos Italianos della Cappella Reale e della Patriarcale di Lisbona nel secondo settecento”. Comunicação apresentada no XIV Congresso da Sociedade Italiana de Musicologia. Pescara e Chieti, 26 a 28 de Outubro de 2007.
 
“El sistema de producción músico-litúrgica en la Capilla Real y en la Patriarcal de Lisboa”, Congresso Internacional Música y Músicos en Instituciones Eclesiásticas – Andalucía en la Edad Moderna, Universidade Internacional de Andalucia (Sede Antonio Machado), Baeza, 7 a 9 de Dezembro de 2006.
 
“O Terramoto de 1755 e as suas implicações na organização da prática musical na Capela Real e na Patriarcal”, Colóquio O Grande Terramoto de Lisboa: Ficar Diferente, organizado pelo Centro de Estudos Comparatistas da Faculdade de Letras de Lisboa e a Fundação Cidade de Lisboa, 2 e 3 de Novembro de 2005.
 
“A Capela Real em itinerância: patrocínio real e espaços da música sacra no tempo de D. Maria I”, XIII Encontro de Musicologia, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, 21 e 22 de Outubro de 2005.
 
“João de Sousa Carvalho, João de Sousa e João de Sousa Vasconcelos: o desenlace de um enigma”, XII Encontros de Musicologia, organizados pela Associação Portuguesa de Ciências Musicais, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas - Universidade Nova de Lisboa, Maio de 2003.
 
“Cantor da Patriarcal, Organista ou Moço de Sacristia? Formação musical e saídas profissionais dos alunos do Seminário da Patriarcal na segunda metade do século XVIII”, XI Encontros de Musicologia, organizados pela Associação Portuguesa de Ciências Musicais, Escola de Música do Conservatório Nacional de Lisboa, 17 e 18 de Maio de 2001.
 
Seminários, cursos e conferências de divulgação musical
"A música na Capela Real e Patriarcal de Lisboa (1716-1807): organização, repertórios e práticas performativas". Palestra no âmbito do 9º Fórum ESART. Castelo Branco, IPCB/Escola Superior de Artes Aplicadas, 19 de Fevereiro de 2013.
 
“Os repertórios de Natal do Barroco Musical Português”. Conferência no âmbito da V Temporada de Música Antiga “Conde de Oeiras”. Oeiras, Palácio do Egipto, 9 de Dezembro de 2012.
 
Seminário “Projecto David Perez” promovido pelo agrupamento Collegio Ghislieri. Sessões sobre a música sacra em Portugal no séc. XVIII; a actividade e a produção musical de David Perez em Lisboa e a edição e interpretação do Mattutino de’Morti, que será objecto de uma gravação e digressão internacional de concertos em 2013 (em colaboração com Rui Vieira Nery). Fondation Royaumont (França), 22-24 de Agosto de 2012.
 
Seminários Estudos de Música Instrumental 1755-1840 (org. Vanda de Sá no âmbito do projecto FCT: PTDC/EAT-MMU/104206/2008). Universidade de Évora-UnIMeM, 24 de Fevereiro de 2012. Apresentações sobre as seguintes temáticas: “Circulação de instrumentistas e repertórios instrumentais entre a Real Câmara e os concertos públicos (1760-1807)”; “A música instrumental no âmbito do cerimonial sacro”.
 
“Música em Portugal – séculos XIII a XVIII” (com Rui Vieira Nery). Conferências no âmbito da reunião do REMA (Réseau Européen de Musique Ancienne). Porto, Casa da Música, 6 de Novembro de 2011.
 
“David Perez Napolitano, Arquimúsico do Fidelissimo Rei Lusitano: o percurso português de um ilustre compositor setecentista”. Conferência no âmbito da mostra documental evocativa dos 300 anos do nascimento do compositor, promovida pela Biblioteca Nacional de Portugal. Lisboa, 14 de Dezembro de 2011 (apresentada também na Universidade de Évora, 23 de Fevereiro de 2012).
 
Curso de Musicologia Portugal no centro do mundo. siete siglos de globalización musical (ss. XIII-XIX). Leccionação das sessões "La Capilla Real y sus relaciones con Italia en el siglo XVIII" (I e II) e "Crítica musical y música antigua: una perspectiva luso-brasileña" (I e II, con Rui Vieira Nery). Baeza, Sede Antonio Machado da Universidade Internacional de Andaluzia, 3 a 5 de Dezembro de 2010.
 
“A vida musical na 1ª República Portuguesa”, conferência no Teatro Municipal da Guarda, 8 de Outubro de 2010.
 
"Viagem ao interior da Ópera Barroca". Conferência/Seminário no Instituto Superior de Ciências Educativas - ISCE (pólo do Funchal) no âmbito do Módulo de Ciências Musicais da Licenciatura em Educação Musical. no âmbito da licenciatura em Educação Musical no ISCE - Instituto Superior de Ciências Educativas (Funchal), 19 de Junho de 2009.
 
“O discurso dos sons e o discurso da palavra: perspectivas, processos e desafios da crítica musical”. Conferência/Seminário no no âmbito do Módulo de Ciências Musicais da Licenciatura em Educação Musical do Instituto Superior de Ciências Educativas - ISCE. Funchal, 14 de Fevereiro de 2009.
 
“Mitologia, história e lenda: a ópera barroca de Monteverdi a Haendel”, conferência integrada no ciclo Quatro Séculos de Ópera. Matosinhos, Escola de Música Óscar da Silva, 31 de Maio de 2008.
 
Conferência sobre a ópera Motezuma, de Vivaldi. (Ciclo de conferências complementares à temporada do Teatro Nacional de São Carlos organizado pelos Amigos do São Carlos). Lisboa, TNSC, 30 de Março de 2007.
 
Conferência sobre a ópera Padmâvatî, de Albert Roussel. Ciclo Óperas (mal) amadas do século XX (organizado pelos Amigos de São Carlos em colaboração com a Culturgest). Lisboa, Culturgest, 14 de Fevereiro de 2007.
 
Conferência sobre a ópera Die Vögel, de Walter Braunfels. Ciclo Óperas (mal) amadas do século XX (organizado pelos Amigos de São Carlos em colaboração com a Culturgest). Lisboa, Culturgest, 16 de Novembro de 2005.
 
Conferência “A obra de Carlos Seixas no contexto da música europeia para tecla” proferida no Festival CisterMúsica (Alcobaça) no âmbito das comemorações dos 300 anos do nascimento de Carlos Seixa, em Maio de 2004.
 
Curso Intensivo de História da Música Portuguesa, no âmbito do Festival de Música João José Baldi. Guarda, Paço da Cultura, Maio de 2000.
 
“J. S. Bach e a música do seu tempo”, conferência na Biblioteca Virgílio Ferreira, Gouveia, Outubro de 2000.
 
Orientações de teses (em curso)
Pedro Lopes e Castro, “A tradição das Serenatas em Portugal com especial atenção a João de Sousa Carvalho” (em preparação), Co-orientação com o Prof. Jorge Correia da Universidade de Aveiro.
 
Cristiana Spadaro, “A música de Giovanni Giorgi. Análise teórico-prática dos Motetes para a Patriarcal de Lisboa” (em preparação), Co-orientação com o Prof. António Lourenço, da Universidade de Aveiro.
 
Fernando Miguel Jalôto, "A Capela Real da Bemposta: estudo da Instituição e do repertório ca. 1759-1834", Co-orientação com o Prof. Rui Vieira Nery, da Universidade Nova de Lisboa.
 
Diana Vinagre, “O violoncelo em Portugal c. 1750-1834: um estudo de repertório e práticas interpretativas”. Co-orientação com o Prof. Rui Vieira Nery, da Universidade Nova de Lisboa.
  
Filiação em Organizações Académicas/Affliation in Academic Organizations
SPIM - Sociedade Portuguesa de Investigação em Música
IMS – Internacional Musicological Society
SIDM – Società Italiana di Musicologia
 
Outros Elementos que considere importantes/ Other Activities
Colaboradora do jornal PÚBLICO (crítica e jornalismo musical) desde 1996.
 
Colaboradora da UniMeM - Unidade de Investigação em Música e Musicologia da Universidade de Évora, desde 2007.
 
Colaboradora do Caravelas - Núcleo de Estudos de História da Música Luso-Brasileira (órgão do CESEM-FCSH da UNL), desde 2008.
 
Coordenação e organização do Fórum “Crítica Musical – Passado, Presente e Futuro”, (Castelo Branco, Biblioteca Municipal, 23 e 24 de Maio de 2009) e do Fórum “O Lugar da Crítica” (Castelo Branco, Biblioteca Municipal, 5 e 6 de Junho de 2010) no âmbito do Festival Primavera Musical.
 
Organização (com Pedro Nunes e Pedro Boléo) do debate “Crítica Musical – Para que serve?”, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, 18 de Maio de 2010.
 
Membro do júri de Concurso Público Anual para a selecção de Festivais de Música e Ciclos de Concertos a apoiar pelo Ministério da Cultura (Instituto Português das Artes do Espectáculo) no ano 2000.