Fernando Ramos
Nome: Fernando Ramos

Endereço: Rua Calouste Gulbenkian 131 2H5
4050-145 Porto

Telefone:

E-mail: saxofone@gmail.com


Experiência Profissional

- Professor da área de sopros na classe de Saxofone, Música de Câmara e Curso
Livre de saxofone na Escola Superior de Música e das Artes do Espectáculo (ES- MAE) do IPP, desde 2001.

- Professor da área de sopros na classe de Saxofone na Universidade de Aveiro desde
2005.

- Professor da área de sopros na classe de Saxofone na Escola Profissional de Música
de Espinho desde 2009.

- Professor da área de sopros na classe de Saxofone na Escola Profissional de Música
de Viana do Castelo e na respectiva Academia de Música (2004 - 2009).

- Professor da área de sopros na classe de Saxofone na Escola Profissional de
Música da Branca desde (2007).

- Professor da área de sopros na classe de Saxofone no Instituto Piaget de Mirandela
(2005 - 2007).

- Professor da área de sopros na classe de Saxofone no Conservatório de Música da
Jobra, Branca (2004-2007)

- Professor da área de sopros na classe de Saxofone no Conservatório de Música de
Cantanhede (2005-2007)

- Foi membro da comissão de júri em varias ocasiões nomeadamente nos Premios
"David Russell" para jóvenes talentos (Vigo) 2007, Concurso de Saxofones de Ol-
iveira de Azeméis (de 2006 a 2011) e no Concurso de Saxofones de Palmela (de
2005 - 2009)


Orientou Masterclasses e Clínicas nos seguintes locais:

o Escola Profissional de Música do Funchal (Nov. 2009, Junho 2010, Nov.
2010, Maio 2011)
o Conservatório de Música de Lousada (Dezembro 2009)
o Escola Profissional de Música de V. do Castelo (Fevereiro 2010)
o Academia de Música de Oliveira de Azemeis (Abril 2010, Maio 2011)
o Conservatório de Música de Vila Real (Junho 2009)
o Artave (Escola Profissional do Vale do Ave) (Fev. 2008, Fev. 2009)
o Conservatório. de Música de Guimarães (Maio 2007)
o Conservatório de Música de Paços de Brandão (Abril 2007)
o Escola Superior de Música de Vigo, de 27 de Junho - 1 de Julho 2006
o XIII Curso Internacional de Música de Oliveira do Bairro de 24-28 de
Julho de 2006
o Instituto Piaget de Mirandela 13-14 de Maio 2006
o Conservatório de Música de Vigo de 6-10 de Março 2006
o Professor convidado no Conservatório Regional de Pontearreas, Espanha
realizando clínicas mensalmente aos alunos e professores do ensino supe- rior (2006-2007).
o Conservatório de Música de Aveiro em Dezembro 2003 o" Academia de Música de Castelo de Paiva em Abril 2003
o Academia de Música de Lousada em 2002
o Conservatório de Música de Águeda em 2001 e Abril 2007
o Escola de Artes da Bairrada (Quad Quartet) em 20 -23 de Dezembro 2004
o 1º Curso de Música de Câmara (Fed. Bandas de Aveiro) em 27-30 de
Dezembro 2004
o 2º Curso de Música de Câmara (Fed. Bandas do distriro de Aveiro) de 1-6
d Setembro 2005
o" 3º Curso Música de Câmara (Fed. Bandas do distriro de Aveiro) de 26-30
de Dezembro 2006



Formação Académica e Profissional


Doutorando na Universidade de Aveiro (2010-).

Mestrado (Uitvoerend Musicus) em Saxofone no Conservatório de Amesterdão,
na classe do professor Henk van Twillert (2001-2004)

Licenciatura em Saxofone, no Conservatório de Amesterdão, na classe do profes-
sor Henk van Twillert (1997-2001)

Curso complementar de Saxofone, no Conservatório de Musica
Calouste Gulbenkian de Aveiro, na classe do professor Fernando Valente. (1992 -
1997)



Valorização Artística/ Profissional


Participou em diversas masterclasses de saxofone onde trabalhou com os seguintes
professores:

o Claude Delangle (Professor do Conservatório Superior de Paris)
o Eugene Rosseau (Professor da Universidade de Indiana, E.U.A)
o Jean-Yves Formeau (Prof. da Escola Regional de Musica de Bordéus) o Kyle Horch (Professor da "Royal College of Music" de Londres)
o Nobuya Sugawa (Concertista Internacional)
o Christer Johnsson (Professor no Conservatório de Estocolmo)
o Mario Marzi (Professor do Conservatório de Milão)
o Arno Bornkamp (Professor do Conservatório de Amesterdão)
o Leo van Oostrom (Professor do Conservatório de Haia)
o Steve Mauk (Professor da Universidade de Ithaca, Nova York)
o Benjamin Herman (Prof. de Saxofone Jazz no Cons. de Roterdão)
o Marcus Weiss (Prof. de Saxofone no Conservatório de Basil)

Esteve presente em vários workshops sobre os mais diversos temas, com os
seguintes músicos:

o Bobby McFerrin (Cantor Jazz)
o Kenny Werner Trio ("Efortless Mastery" - Piano Jazz)
o Christian McBride (Contrabaixo Jazz)
o Bob Mintzer (Saxofone Jazz)
o Ari Hoenig ("Metric Modulation" - Bateria Jazz)
o Chris Potter (Saxofone Tenor)
o Anner Bylsma (Violoncello)
o Hamilton da Holanda (Bandolim)
o Hermeto Pascoal (Compositor Jazz)

Efectuou os seguintes concertos e digressões:

o Em Portugal, com o Quarteto de Saxofones de Amesterdão (1999)
o Na Holanda, com a Orquestra de Saxofones do Conservatório de
Amesterdão (1997, 1998)
o Em Franca e Portugal, como membro do Quarteto de Saxofone de Aveiro
(1993-1997)

Foi musico convidado do Remix Ensemble - Casa da Musica em Julho 2003
numa colaboração com o Estúdio de Opera, realizado no teatro Rivoli (Porto) e no Centro Multimeios (Espinho).

Como membro/solista da Orquestra Portuguesa de Saxofones, realizou concertos desde a sua criação em 1998, nas seguintes salas:

o Concertgebouw, Amesterdão (Holanda)
o Odeon, Zwolle (Holanda)
o Paço dos Duques, Guimarães
o Teatro Helena Sá e Costa, Porto
o Teatro Aveirense
o Centro de Congressos de Aveiro
o Auditorium Zwolle

Apresentou-se em concertos a solo, nas seguintes salas:

o Ijsbreker Muziekcentrum, Amesterdão (Holanda)
o Bachzaal, Amesterdão (Holanda)
o Doelenzaal, Amsterdão

Trabalhou em parceria com artistas de outras áreas:

o Peter Kuit (Tap Dance)
o Manuela Tessi (Dança Contemporânea) o" Mirjam Martin (Dança Contemporânea)

Trabalha assiduamente com vários compositores no desenvolvimento do re- portório do saxofone e neste âmbito foram-lhe dedicadas as seguintes obras:

o Rob Hauser (Holanda) - "Jeux a Deux" (Alto sax + Tap dance), 2003
o Filipe Vieira (Portugal) - "War Why¿" (Alto Sax & Bass clarinet), 2003; "Inflexoes II", 2004, War Why¿ (Sax Solo), 2007, Verdes Anos (C.Paredes; Saxofone Alto & Vibraphone), Zi-He-Hema Quarteto de Sax (Revisão 2011)
o Pedro Santos (Portugal) - "Shining Shyness" (Alto Sax & Two Dancers), 2003; "Bicinium" (Alto Sax & Vibraphone) 2006, The Flea (Sax Alto, Guitar, Harp, Marimba) 2003
o Vasco Mendonça (Portugal) - "Combo" (Sax Solo), 2003, Combo (Sax Quartet) 2004
o Carlos Bairro (Portugal / Holanda) - "Integrais IV" (Alto & Bar. Sax, Pi ano), 2003
o Aspasia Nasopoulou (Grécia) - "Power" (Sax Quartet & Dance), 2004
o Telmo Marques (Portugal) Scenes of the City (Baritone Sax & Vibraphone), Viagens na Minha Terra (Soprano Sax, Bass Trombone & Piano)
o Nuno Costa (Portugal) Rise & Fall (Soprano Sax & Vibraphone)
o André Fernandes (Portugal) O Plano (Soprano Sax & Vibraphone)
o Jefrey Davis (Canadá/Portugal) Dwarfs & Ogres (Soprano Sax & Vibraphone), The Lost Travelers (Alto Sax & Vibraphone), ? (Sax quartet, Marimba & Vibraphone)
o Tjako van Shie (Holland) 7 Colors of Shit (Alto Sax & Vibraphone), In Between (Alto Saxophone & Guitar)
o Jorge Prendas (Portugal ) Café Central, Kensington Gardens, Potsdamer Platz (soprano/alto sax, bass trombone & piano)
o Ian Wilson (Ireland) Where the Moorcocks Crow (2010 Sax alto solo +sax quartet) Her Charms Invited (2011 Sax Quartet)
o Oscar Graça/ Nuno Costa (Portugal) Shtu (Sax quartet + Electric guitar & piano)
o Hugo Correia (Portugal) ????(Sax quartet, soundtrack & drums)

Gravou os seguintes discos:

o Les Coleurs des Diable | Rob Hauser (2003)
o QuadQuartet | Now Boarding (2009)
o Outdoor | La la la Ressonance (2009)
o QuadQuartet | Live at Teatro Aveirense (2010) edição prevista 2012

É membro fundador do Quad Quartet, um quarteto de saxofones, com o qual já realizou concertos por Portugal, Espanha, França e Holanda e foi o primeiro representante Português a ser convidado a estar presente a actuar num congresso internacional de saxofones (Londres 2011). Preparam agora o lancamento de seu segundo disco previsto para o início de 2012.

Membro do grupo Kinetix que juntamente com Jefrey Davis (Vibraphone/ Marimba) desenvolve a criação de todo um repertório novo e único, escrito para o grupo que, visa assim juntar influências de dois mundos musicais distintos. Já efectuaram concertos em Portugal e em Espanha.

O seu projecto mais recente stP-Trio (com Telmo Marques e Gonçalo Dias) representa um conceito original tanto na sua formação (Saxes, Trombone Baixo e Piano) como na criação de repertório inovador e ecléctico. O grupo viu a sua estreia pública em Março de 2011 e vai gravar o seu primeiro disco em finais de 2011.